Como vender em aplicativos de comida? 4 dicas para começar!

Publicado:2021-04-07 10:23:56

Atualmente, os aplicativos de comida são muito procurados, principalmente no momento de isolamento que estamos vivendo. Seja depois de um dia de trabalho cansativo ou nos fins de semana, as pessoas preferem pedir comida para serem entregues no conforto de sua casa e não precisem sair. Por isso, vender online pode ser bastante lucrativo.

 

Aqui você irá conferir quais aspectos precisam ser considerados para começar a vender online e também vamos te ensinar a se cadastrar em algumas plataformas, confira!

 

-Tenha um ambiente adequado para os alimentos

É fundamental que o ambiente esteja limpo e bem organizado. A limpeza é indispensável para atender a legislação vigente e entregar produtos de alta qualidade.

 

A organização é importante para te ajudar a verificar o que precisa de reposição, além de facilitar no dia a dia. Para saber ao certo como deixar o ambiente adequado, consulte o manual da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

 

-Consulte a legislação para vender comida online

Esse passo é muito importante, pois para vender alguns produtos à base de leite, por exemplo, você deve ter um selo do Ministério da Agricultura.

 

Da mesma forma que restaurantes e lojas físicas, os e-commerces também precisam de licenças e alvarás para funcionar. Do contrário, será preciso arcar com multas e seu negócio pode até ser prejudicado.

 

-Planeje como funcionarão as entregas

Fazer com que seus produtos cheguem bem ao destino e sem demorar tanto, é tão importante quanto entregar produtos saborosos. Para isso, é mais favorável limitar a área de atuação e atender apenas em regiões próximas.

 

Você também precisa buscar por uma empresa ou profissionais de logística comprometidos e responsáveis. E a entrega ainda deve contar com refrigeração adequada para manter a comida bem condicionada.

 

-Escolha uma boa plataforma de comunicação

Você precisa de uma plataforma para receber os pedidos, dessa forma, com poucos cliques, seu público poderá pedir o que deseja. Existem plataformas como Uber Eats e Ifood. Caso queira ingressar em uma delas, vamos te ensinar como!

 

Uber Eats: é preciso ter CNPJ com atividades comerciais no ramo alimentício e estar em conformidade com exigências legais, fiscais e sanitárias. O cadastro pode ser feito através do site do Uber Eats, clicando no botão "adicione seu restaurante". Após preencher todos os dados, a equipe da plataforma irá avaliar seu cadastro e entrar em contato com você para que a parceria seja fechada.

Você pode optar pelo serviço completo da plataforma e ter acesso a rede de entregadores parceiros que recebem os pedidos e os entregam de carro, moto, bicicleta e até a pé. No entanto, você pode usar entregadores próprios.

 

 

Ifood: também é preciso ter CNPJ, mas também exige o código CNAE ligado a atividades de restaurantes, conta bancária em nome do restaurante, documentação que comprove a regularidade do estabelecimento com as leis, celular Android ou computador com Windows (a partir do 7) e internet no estabelecimento para receber os pedidos. O cadastro pode ser feito pelo site do Ifood, clicando em "quero fazer parte". 

Após a verificação dos documentos, você assinará um contrato digital e realizará a configuração das demais informações do restaurante. A plataforma disponibiliza dois planos: o plano básico e o plano entrega, leia sobre eles e escolha o melhor para você. 

 

Esperamos que você tenha gostado e que tenhamos te ajudado a entrar nesse mercado online! Continue nos acompanhando para mais conteúdos!